Considerada pelos maias como uma pedra sagrada, a obsidiana chegou a ocupar um lugar especial na origem do mundo maia, pois de acordo com eles havia sido criada pelo belo deus Xibalbay. Razão pela qual, etnias maias como os cakchiqueles de Guatemala, costumavam usar esta pedra para representa-lo e venerá-lo.

Obsidiana_y_las_joyas_mayas_joya_life_1

Mas sua admiração por ela e a influência que teve na cultura maia não terminava ali, pois esta pedra surgida do interior da madre terra; foi depois do jade, uma das mais determinantes na construção de seu legado. Se bem chegaram a trabalhar metais como o ouro e o cobre, e incluso faziam ligas, conforme o arqueólogo Fernando Bustamante, a obsidiana, nomeada pelos espanhóis como o metal dos maias, constitui um dos materiais mais importantes e usados por eles.

Obsidiana_y_las_joyas_mayas_joya_life_2

Sua importância radica, na destreza que foram adquirindo para trabalha-la e a versatilidade de usos que chegaram a dar-lhe, incluindo entre eles a elaboração de armas, objetos de guerra ou ferramentas de corte, de cultivo e de caça, com os quais foram capazes de trabalhar a madeira, ossos ou carne; sendo com isso, capazes de transformar todo ao seu redor.

Obsidiana_y_las_joyas_mayas_joya_life_3

Além destes usos, era comum ver a obsidiana em instrumentos medicinais, cerâmicas, copos, vasos, pratos e objetos rituais. Mas devida a importância que tinha para os maias a estética pessoal, também a usavam em adornos como: brincos, colares, pendentes e máscaras que acompanhavam com luxuosos e complicados trajes.

Não obstante, mais pra lá do uso prático que tinha a obsidiana, os maias também lhe atribuíram poderes mágicos. De acordo com o que eles creiam, podia curar afecções nos rins e lhes outorgava proteção contra forças malignas atuando como espelho que devolvia estas influências a sua origem.

Obsidiana_joya_life_1

Outro fator que lhe deu grande relevância a obsidiana, foi à abundância de reservas que proseiam pelo que também formava parte de suas riquezas e sustento, convertendo-se em um dos produtos que mais comerciavam, com os povos da costa do pacifico. Tendo nas cidades de Tehotihuacán e Tenochtitlan em México; São Martin Jilotepeque, o Chayal e Ixtepeque na Guatemala as fontes mais importantes dela.

Apesar de que hão transcorrido muitos anos, como parte do legado maia, ainda na atualidade continua a exploração e a elaboração de diversos objetos de obsidiana, em zonas próximas aos nascimentos que ainda existem. Sendo Tehotihuacan, uma cidade com protagonismo e tradição na confecção de figuras com este vidro vulcânico, tendo incluso sua própria feria internacional que se celebra anualmente desde faz mais de 40 anos.

Obsidiana_y_las_joyas_mayas_joya_life_4

Definitivamente sobram as razões para compreender, porque esta pedra sagrada teve tanta importância e influência na cultura maia, embora sem ser maias, são muitas as pessoas em todo mundo que compartem sua fascinação e encanto pela obsidiana, algo que se multiplica com a diversidade de cores que podemos encontrar dela. E você é capaz de resistir-se a sua beleza?

Obsidiana_y_las_joyas_mayas_joya_life_5

Este post também está disponível em: Espanhol